Adoecer no exterior

A missão diplomática da Finlândia no exterior, sua companhia de seguros e seu guia da agência de viagens podem fornecer as informações de contato dos médicos e hospitais no exterior. Em caso de emergência, ligue para o número local de emergências.

Cartão europeu de seguro de doença

Se você é coberto pelo sistema de saúde da Finlândia, tem direito de receber os cuidados médicos indispensáveis com o cartão europeu de seguro de doença(layout.types.url.description), enquanto estiver temporariamente em outro país da UE ou EEA, Suíça, Grã-Bretanha ou Irlanda do Norte. Você pode solicitar gratuitamente o cartão no Kela(layout.types.url.description).  

O cartão europeu de seguro de doença não cobre despesas com o repatriamento do paciente para a Finlândia.

Lembre-se do seguro de viagem

Lembre-se sempre de fazer um seguro de viagem abrangente e de longa duração para sua viagem. Se tiver alguma doença, estiver grávida, viajar para uma região perigosa ou praticar modalidades de alto risco, verifique previamente com a seguradora a cobertura e a validade de seu seguro.

É caro e difícil organizar a repatriamento de uma pessoa doente sem um seguro de viagem com cobertura abrangente. Os voos de ambulância do exterior para a Finlândia custam dezenas de milhares de euros. O acesso ao tratamento médico pode requerer uma garantia ou pagamento antecipado.

Informações gerais sobre seguros de viagem(layout.types.url.description)

Caso não tenha um seguro de viagem, você ou seu parente arcarão com todos os custos médicos e de repatriamento. A missão diplomática não pode dar garantia ou pagar as contas por você.

Entre em contato com sua seguradora

Em caso de doença, entre em contato o atendimento de emergências de sua seguradora. Eles poderão dar instruções, contatar o médico e, caso necessário, providenciar o repatriamento. Quando o médico não aceita a garantia de pagamento de uma seguradora estrangeira, o paciente deve se preparar para incialmente arcar com os custos médicos.

Abalos com a saúde mental no exterior

Tomar os medicamentos que são usados com regularidade para controlar a saúde mental é importante. O viajante deve lembrar-se de levar consigo as próprias receitas médicas e os medicamentos que toma regularmente. Antes de viajar, verifique os regulamentos de importação de medicamentos com o consulado ou com as autoridades alfandegárias do país de destino. A entrada de alguns medicamentos fortes pode ser proibida. Se necessário, peça uma nova receita médica ao médico local.

Em caso de doença súbita, você pode ir à emergência de um hospital ou alguém próximo a você pode chamar uma ambulância. O consulado pode fornecer dados de contato dos médicos ou dos hospitais locais. Cabe sempre ao médico diagnosticar a doença e fazer decisões quanto ao método de tratamento e a medicação. No entanto, obter ajuda no exterior pode ser mais difícil do que em seu país de origem e os custos médicos podem se tornar altos, nestes casos pode ser melhor interromper a viagem.

Abalos mentais também podem ocorrer em situações repentinas e traumáticas de crise, por exemplo, se você é vítima de acidente, roubo ou violência, ou morte de uma pessoa próxima. Você pode entrar em contato com o serviço nacional de emergência social e situações de crise da cidade de Vantaa(layout.types.url.description) (Abre uma Nova Janela), disponível 24/7 pelo tel. +3358 9 839 24 005.

As questões privadas são confidenciais. Cabe a você decidir a quem sua condição médica pode ser comunicada. Se o paciente estiver incapacitado de expressar sua vontade, informações só podem ser dadas ao cônjuge ou aos parentes mais próximos.